sexta-feira, 20 de abril de 2012

'Homem grávido' se separa da esposa, pera aê! Homem Gravido?

Ele sim foi o primeiro ...


Vamos começar do começo...

Chama-se Thomas Beatie, nasceu mulher e submeteu-se a vários tratamentos médicos para ser identificado biologicamente como homem.
Thomas Beatie, o primeiro "homem grávido"
Thomas Beatie, o primeiro "homem grávido"
Quando era mulher, o seu nome era Tracy Lagondino. Posteriormente submeteu-se a uma cirurgia estética para retirar os seios. Hoje, Thomas tem 34 anos e em termos legais é um homem. A questão é que ele decidiu manter os seus órgãos sexuais femininos.
Thomas Beatie quando era ainda mulher e se chamava Tracy Lagondino
Thomas Beatie quando era ainda mulher e se chamava Tracy Lagondino
Hoje é casado com a sua mulher Nancy, que por sua vez não pode engravidar.
Thomas Beatie disponibilizou-se então para realizar uma inseminação artificial.
O procedimento foi bem-sucedido clinicamente e assim, Thomas Beatie, tornou-se no primeiro “homem grávido”, dando à luz uma menina, Susan Juliette, em Junho de 2008.
Thomas na sua primeira gravidez, que acabou por dar à luz uma menina
Thomas na sua primeira gravidez, que acabou por dar à luz uma menina
A família Beatie vivia na pacata cidade Trend, no estado americano do Oregon, Estados Unidos, 
A Família Beatie juntamente com a sua primeira filha, e com a jornalista, à direita
A Família Beatie juntamente com a sua primeira filha, e com a jornalista Barbara Walters, à direita
E depois da primeira filha, Thomas Beatie já anunciou que está novamente grávido.
Continuação da Historia...

Depois de nove anos chegou ao fim o casamento de Thomas Beatie, conhecido como o primeiro "homem grávido", e Nancy

"Como todos os casamentos, temos nossos altos e baixos. Estamos passando por uma fase difícil. No momento, estamos separados", disse Thomas, deixando aberta a porta da reconciliação. 

O caso dos Beatie despertou atenção mundial. Como Nancy havia feito histerectomia, o que a deixara impossibilitada de ser mãe, Thomas assumiu o papel de "mãe". Ele mudou de sexo aos 24 anos, deixou para trás o nome Tracy Lagondino, e é legalmente homem para a Justiça dos EUA. 

"Sou uma pessoa e tenho direito de ter um filho biológico", disse Thomas a Oprah Winfrey, em 2008, quando nasceu a primeira filha do casal, Susan. 

Depois vieram mais duas crianças: Jensen e Austin. Todos moram em Phoenix (Arizona, EUA). 

Os três filhos do casal nasceram de óvulos de Thomas e de espermatozoides do mesmo doador, que não é conhecido. 

Em reportagem de março, Thomas e Nancy declararam estar felizes, mas reclamaram de isolamento, sem contato com qualquer membro de suas famílias. Todos haviam se afastado desde o anúncio da primeira gravidez de Thomas e a vida social não estava nada fácil: ameaças de morte e constantes citações como "aberrações". Eles criticaram até a comunidade transexual, que, segundo eles, não dá o apoio que eles esperavam receber.